08 setembro 2010

Indonésia e sua imponente biodiversidade

O tamanho da Indonésia, o clima tropical e arquipelágica geografia, suporta o segundo mais rico nivel de biodiversidade do mundo, depois do Brasil e sua flora e fauna é uma mistura de espécies asiática e Australianas. Uma vez ligado ao continente asiático, as ilhas da Sunda Shelf Sumatra, Java, Bornéu, e Bali tem uma riqueza de fauna asiática. Grandes espécies como o tigre, rinoceronte, orangotango, elefante e leopardo, outrora abundantes, tanto a leste como em Bali, tem hoje os números e a distribuição diminuído drasticamente. As florestas cobrem aproximadamente 60% do país. O país está no topo da lista dos paises Megadiversos.


Papua fazia parte da massa terrestre brasileira e abriga uma fauna e flora únicas intimamente relacionada com a do Brasil, incluindo cerca de 600 espécies de aves.

A Indonésia é o segundo país do mundo em quantidade de espécies endêmicas perdendo apenas para a Austrália, com 26% de sua 1531 espécies de aves e 39% de suas 515 espécies de mamíferos sendo endêmicas.

A Indonésia tem uma grande variedade de ecossistemas marinhos e litoraneos, incluindo praias, dunas, estuários, manguezais, recifes de coral, ervas marinhas, lodaçais costeiros, planícies de maré, leitos de algas e ecossistemas de pequenas ilhas.

 A destruição do habitat ameaça a sobrevivência de espécies endémicas do país, incluindo 140 espécies de mamíferos identificadas pela IUCN como ameaçadas e 15 identificada como criticamente em perigo, incluindo o orangotango de Sumatra.

Problemas ecológicos surgiram no país, devido à rápida industrialização e o alto crescimento populacional, resultando em menor nível de prioridade à preservação dos ecossistemas. A situação agravou-se por atividades ilegais de exploração das florestas, resultando em desmatamento, enquanto surgem outros problemas, como o elevado nível de urbanização, a poluição do ar, gestão do lixo e dos resíduos de serviços de água também contribuindo para a deterioração da floresta.

A Flora da Indonésia
A flora da Indonésia é constituída por muitas variedades de plantas tropicais. Abençoada com um clima tropical e cerca de 18.000 ilhas, a Indonésia é a nação com a segunda maior biodiversidade no mundo. Há cerca de 28 mil espécies de plantas floridas na Indonésia, composta de 2500 tipos diferentes de orquídeas, 6000 plantas medicinais utilizadas como Jamu. 122 espécies de bambu, com mais de 350 espécies de rattan e 400 espécies de Dipterocarpus, incluindo ébano, sândalo e madeira de teca.  A Indonésia é também o lar de algumas espécies incomuns, tais como plantas carnívoras.

O desmatamento é um problema grave na Indonésia. A taxa atual  de perda e 2 milhões de hectares por ano. De acordo com o departamento florestal da Indonésia, existem atualmente 174 plantas endémicas  listadas como espécies ameaçadas de extinção.

A Fauna da Indonésia
Sundaland é a região do país que inclue Sumatra, Java, Bornéu e as ilhas menores ao redor, compartilham características semelhantes com fauna asiática, como resultado, as grandes espécies, como tigres, rinocerontes, orangotangos, elefantes e leopardos vivem nesta região, algumas dessas espécies são classificadas como espécies ameaçadas de extinção.

Sundaland tem um total de 381 espécies de mamíferos, 173 delas são endêmicas da região. A maioria destas espécies estão ameaçadas de extinção. Segundo a Conservation International, um total de 771 espécies de aves vivem regularmente em Sundaland, 146 delas são endêmicas da região. Um espantoso número de 449 espécies em 125 gêneros de répteis vivem em Sundaland, 249 delas e 24 gêneros são endêmicos. Cerca de 242 espécies de anfíbios em 41 gêneros vivem nesta região. Cerca de 1.000 espécies de peixes são conhecidos nos rios, lagos e pântanos de Sundaland.

Wallacea representa a transição entre a zona biogeográfica de Sundaland com o leste de caracteristica Australasiana. Essa região contém muitas espécies endêmicas únicas de flora e fauna e foi dividida em um número de diferentes ecorregiões. Wallacea tem um total de 223 espécies nativas de mamíferos. 126 delas são endêmicos dessa região. Um número surpreendente de 124 espécies de morcegos  são encontrados nesta área. 650 espécies de aves  podem ser encontradas em Wallacea, das quais 265 são endêmicas.Com 222 espécies, das quais 99 são endêmicas, a diversidade de répteis em Wallacea é alta. Entre estes estão 118 espécies de lagartos, dos quais 60 são endêmicas e 98 espécies de serpentes. Um dos mais famosos répteis em Wallacea é, provavelmente, o dragão Komodo Varanus komodoensis, 58 espécies nativas de anfíbios podem ser encontrados em Wallacea, dos quais 32 são endêmicas. Há cerca de 310 espécies de peixes registrados nos rios e lagos de Wallacea, 75 espécies são endêmicas. Há cerca de 82 espécies de borboletas birdwing em Wallacea, 44 delas endêmicas. 109 espécies de besouros também vivem  nesta região, das quais 79 são endêmicas. Uma das espécies mais surpreendente talvez seja, a maior das espécies de abelha do mundo Chalicodoma Pluto. 

4 Comentários:

Suziley disse...

Puxa, como na Indonésia há uma rica biodiversidade, maravilha! Um grande abraço, bom dia :)

Anônimo disse...

All's well that ends well


dsquared t-shirts

- shakwandee5ha

Anônimo disse...

Keep your friends close, but your enemies closer.


abercrombie jackets

Anônimo disse...

I am really Glad i ran across this web site.Added planetadobem.blogspot.com to my bookmark!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo