24 setembro 2010

Congo uma riqueza naturalmente megadiversa

Ocapi  johnstoni Okapia
A florestas tropicais da República Democrática do Congo contêm grande biodiversidade, incluindo raras e endêmicas espécies, tais como o chimpanzé comum e o bonobo,conhecido como o chimpanzé pigmeu, o elefante da floresta, gorilas da montanha, ocapi e rinoceronte branco.

Cinco parques nacionais do país são listados como Patrimônio Mundial: O Garumba, Kahuzi Biega, Salonga, Virunga que são parques nacionais de preservação e o Okapi uma grande reserva da vida selvagem.



As más condições econômicas do país aumenta a ameaça a já ameaçada biodiversidade. Todos os cinco  parques nacionais estão listados pela UNESCO como Património Mundial em Perigo. A República Democrática do Congo é o país africano mais biodiverso.

O Congo é também o lar de muitos cryptids, da criptozoologia, são espécies animais lendárias, mitológicas, hipotéticas ou avistadas por poucas pessoas.  Faz parte também o estudo de animais presumivelmente extintos.

O  Congo é vitima da grande  "crise da carne de caça " consequencia , principalmente das más condições de vida do povo congolês e da falta de educação sobre os perigos de comer carne de animais selvagens. O aumento da população combinada com as deploráveis condições econômica forçou muitos congoleses a se tornar dependente da caça , quer como meio de aquisição de renda (para venda) , ou são dependentes como alimento. O Desemprego e a urbanização têm agravado ainda mais o problema no mercado principalmente para a caça comercial.

Isso tudo trouxe o comprometimento não só da fauna local , mas forçou o homem a marchar mais para o deserto em busca da carne animal o que resulta na morte de mais animais e torna ainda mais escassos os recursos da natureza. A caça também tem sido facilitada pela extensa exploração madeireira prevalente nas floresta tropicais em todo o Congo o que permite aos caçadores acesso muito mais fácil aos terrenos da selva anteriormente inacessíveis e, simultâneamente, corroendo os habitats dos animais. O desmatamento está se acelerando em toda África Central.

Um caso que vem particularmente alarmando os conservacionistas é o dos primatas. O Congo é habitado por três diferentes espécies de macacos grande: o chimpanzé comum Pan troglodytes, O bonobo ou chinpanzé pigmeu Pan paniscus  e o gorila. É o único país no mundo em que os bonobos são encontrados na natureza. O chimpanzé e o bonobo são os mais próximos parentes vivos na cadeia evolucionaria do homem.

Muitas preocupações são levantadas sobre uma possível grande extinção de macacos. Por causa da caça e destruição do habitat, o chimpanzé e o gorila , ambos , cuja população , uma vez chegava aos milhões, já diminuíram para apenas cerca de 200 mil gorilas, 100.000 chimpanzés e, possivelmente, apenas cerca de 10 mil bonobos. Gorilas , chimpanzés e bonobos são todos classificados como em extinção pela União Mundial para Conservação da Natureza, bem como a ocapi, que também é nativo da região.

A ecorregião do Congo abriga muitas espécies em perigo: o Gorila da planície ocidental Gorilla gorilla gorilla, o Elefante da Floresta cyclotis Loxodonta e o  Ocapi  johnstoni Okapia.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo