21 março 2010

O esgotamento dos recursos hidricos no planeta


A Água doce é um recurso renovável, mas abastecer o mundo de água limpa e fresca é cada vez mais difícil. A procura por água já excede a oferta em muitas partes do mundo e como o população mundial continua a crescer, também cresce a demanda de água.



O Brasil é o país com a maior oferta de água doce do mundo, seguido por Rússia e Canadá.

Estima-se que 69% do uso mundial da água seja para irrigação, com 15 a 35% das retiradas sendo de maneira insustentável.

A população mundial cresce, e como a demanda por alimentos aumenta em um mundo com um abastecimento de água fixo, há esforços para que se aprenda a produzir mais alimentos com menos água.

Aproximadamente 21% do uso mundial da água é industrial. Os grandes consumidores industriais são as usinas de energia.

15% do uso mundial da água é para fins domésticos. Entre esses usos incluem a água potável, balneares, Saneamento e jardinagem.

O extresse hídrico
É a situação onde não há água suficiente para todos os usos, seja agrícola, industrial ou doméstico.
Foi proposto que, quando a disponibilidade de água doce renovável per capita anual é inferior a 1.700 metros cúbicos, os países começam a sentir estresse hídrico periódico ou regular. Abaixo de 1.000 metros cúbicos, a escassez de água começa a prejudicar o desenvolvimento econômio, a saúde humana e o bem-estar.

Em 2000, a população mundial era de 6,2 bilhões. A ONU estima que até 2050 haverá um adicional de 3,5 bilhões de pessoas com a maior parte do crescimento nos países em desenvolvimento que já sofrem de estresse hídrico. Assim, a demanda de água irá aumentar a menos que haja aumento correspondente na conservação da água e reciclagem deste recurso vital.

Em 60% das cidades europeias com mais de 100.000 pessoas, as águas subterrâneas estão sendo usadas em um ritmo mais rápido do que podem ser reabastecidas. Mesmo que se encontre alguma água ainda disponível, os custos ficam cada vez maiores para capturá-la.

As Alterações climáticas poderiam ter impactos significativos sobre os recursos hídricos em todo o mundo por causa das relações estreitas entre o clima e o ciclo hidrológico. O aumento da temperatura vai aumentar a evaporação e levar a aumentos de precipitação, porém, haverá variações regionais na precipitação tornando menos frequentes emmuitas regiões. Em termos globais, a oferta mundial de água doce vai aumentar. No entanto secas e inundações podem tornar-se mais freqüente em regiões diferentes em momentos diferentes.

A poluição da água é uma das principais preocupações do mundo de hoje. Muitos poluentes ameaçam o abastecimento de água, mas o mais difundido, principalmente nos países subdesenvolvidos, é a descarga de esgoto em águas naturais. Este método de eliminação de águas residuais é o método mais comum em países subdesenvolvidos, mas também é predominante em quase todos os países em desenvolvimento, como a China, Índia e Brasil.

Os valores de cobertura global a partir de 2002 indicam que, de cada 10 pessoas:
Cerca de 5 tem abastecimento de água encanada em casa.
3 fazem uso de algum outro tipo de abastecimento de água melhorado, como reservatórios públicos.
2 não tem acesso a água com o minimo tratamento.
Além disso, 4 de cada 10 pessoas vivem sem saneamento básico.

1 Comentário:

Anônimo disse...

É muito importante a divulgação desse problema, para que as pessoas possam se conscientizar desse fato que afeta a todos nós.

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo