10 setembro 2010

Top 10 dos anfíbios mais procurados pelos cientistas

Cientista listaram as 10 espécies de anfibios "dasaparecidas", ou seja, consideradas extintas por não serem registradas aparições da espécie a muitos anos, que seria, em espécial, mais interessante de serem encontradas porque esses animais têm um valor especial seja científico ou estético.

Conheça o Top 10 da lista:



Sapo Dourado periglenes Incilius,  Costa Rica. Visto pela última vez de 1989. Talvez o mais famoso dos anfíbios perdidos. Passou de abundante a extinto em pouco mais de um ano no final de 1980.

Sapo Bicudo da Mesopotâmia, Rhinella rostrata. Colômbia. Visto pela última vez de 1914. Fascinante sapo com cabeça em forma de pirâmide.



Rã Gástrica, Austrália. Duas espécies Rheobatrachus vitellinus e R. silus, foram vistas pela última vez em 1985. Tem um modo único de reprodução: as fêmeas ingeriam os ovos e os girinos eram criados no estômago, o nascimento era através da boca.


Bolitoglossa jacksoni, Guatemala. Visto pela última vez em 1975. Um dos dois únicos exemplares conhecidos se acredita ter sido roubado de um laboratório da Califórnia nos anos 1970.

Sapo Pintado Africano, pictus Callixalus. República Democrática do Congo, Ruanda. Visto pela última vez em 1950. Muito pouco se sabe sobre esse animal que não teria sido nem fotografado.

Sapo Rio Pescado Stubfoot, balios Atelopus, Equador. Visto pela última vez em Abril de 1995. Pode ter sido extinto por chytridiomycosis.

Turkestanicus salamandra, turkestanicus Hynobius. Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão. Visto pela última vez em 1909. Conhecido apenas dois exemplares coletados em 1909.

Rã Scarlete  Atelopus sorianoi, Venezuela. Visto pela última vez de 1990. Conhecida em um fluxo único de uma floresta isolada.

Sapo Hula pintado, Discoglossus nigriventer, Israel. Visto pela última vez de 1955. Um único adulto foi coletado em 1955, representa o último registro confirmado da espécie. Os esforços de drenar pântanos na Síria para erradicar a malária pode ter sido responsável pelo desaparecimento desta espécie.

Sambas Stream Toad, latidisca Ansonia. Bornéu. Visto pela ultima vez em 1950. O aumento da sedimentação nos rios após a exploração pode ter contribuído para o declínio da espécie.

Todas as espécies procuradas foram consideradas extintas na natureza e encontrar indivíduos sobreviventes seria  uma conquista para os órgãos de proteção das espécies e para a ecologia do planeta.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo