04 março 2011

Lobo Guará o maior canideo do Brasil

Foto wikicowns

O lobo-guará Chrysocyon brachyurus é o maior canídeo nativo da América do Sul. sendo encontrado  pelo sul do Brasil, Paraguai, Peru e Bolívia a leste dos Andes, e talvez na Argentina. Durante alguns anos foi considerado extinto no Uruguai, mas em 2007 foi visto na região do Cerro Largo , perto da fronteira com o Brasil. É considerada uma espécie ameaçada, o Brasil abriga o maior número de animais, dos cerca de 25.000 indivíduos da espécie, cerca de 22.000 estão em território brasileiro.

No Brasil podemos encontra-lo em diversos biomas Cerrado, Pantanal, Campos do Sul, parte da Caatinga e Mata Atlântica. Embora não se enquadre na categoria crítica da IUCN, corre alto risco de extinção na natureza a médio prazo, em função do declínio populacional e da extrema fragmentação do seu habitat natural. O tamanho populacional está se reduzindo, com probabilidade de extinção na natureza em 100 anos.



O lobo-guará não é ameaça para o homem ou para os animais domésticos, preferindo presas menores, é tímido demais para se aventurar em fazendas ou vilas, mesmo assim, ele sofreu extensa caça .

As principais ameaças vêm da conversão de terras para agricultura, do fato de ser suscetível a doenças de cães domésticos, que competem com eles por alimento e de acidentes como atropelamentos em estradas.

A espécie ocorre em várias áreas protegidas na Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e, possivelmente, Peru. Na Argentina está classificada entre as espécies em perigo (EN), e no Brasil consta da lista de espécies ameaçadas. Sua caça é proibida no Brasil, Paraguai e Bolívia. Embora não existam iniciativas de conservação dedicadas à espécie, o lobo se beneficia dos projetos de proteção do cerrado.

O lobo guará mede cerca de 1 metro e 30 e pesa entre 20 e 25 kg. A sua pelagem característica é avermelhada por todo o corpo, exceto no pescoço, lombo, patas e ponta da cauda que são de cor preta, podendo na ponta da cauda, das orelhas e do papo ser da cor branca. Ao contrário dos lobos, esta espécie não forma alcatéias e tem hábitos solitários, juntando-se apenas em casais durante a época de reprodução.

2 Comentários:

Ceiça disse...

Bom dia, sou Ceiça Esch
Escrevo livros infantis e acabo de lançar um livro que incentiva às crianças a preservarem e a protegerem o Lobo-Guará.
Cso seja de interesse do Projeto, gostaria de enviar alguns exemplares para que as crianças em idade escolar possam conhecê-lo.
Meu site para contato www.ceicaesch.recantodasletras.com.br
Abraços

Gestor Ambiental Vanderley Seixas disse...

Gostei muito do seu blog e suas reportagens..abração

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo