25 março 2010

Dessanilização será a solução

A dessalinização é um processo artificial, através do qual água salina, geralmente água do mar, é convertida em água doce. Os processos de dessalinização mais comuns são destilação e osmose reversa. A dessalinização é mais cara em comparação com outras fontes alternativas de água e apenas uma fração muito pequena da água consumida hoje em dia vem da dessalinização. Só é economicamente viável, por causa do alto valor, para ser utilizada em usos domésticos e industriais em áreas áridas. O uso mais intenso é no Golfo Pérsico.

As inovações tecnológicas continuam a reduzir o custo da dessalinização, mass os países estão construindo usinas de dessalinização como um pequeno elemento para enfrentar as crises da água.

Israel dessaliniza água por um custo de 53 centavos por metro cúbico.

Cingapura dessaliniza água por 49 centavos o metro cúbico e também trata de esgoto com osmose reversa para uso industrial e potável.

 China e Índia, dois dos países mais populosos do mundo, estão se voltando para a dessalinização para suprir uma pequena parte das suas necessidades de água.

Em 2007, o Paquistão anunciou planos para utilizar a dessalinização.

A Austrália usa dessalinização.

Em 2007 Bermudas assinou um contrato de compra de uma usina de dessalinização.

Nos Estados Unidos, o custo da dessalinização é de R $ 3,06 para 1.000 litros.

Um porta-aviões das forças armadas dos Estados Unidos utiliza energia nuclear para dessalinizar 400.000 litros de água por dia.

Enquanto a dessanilização de 1.000 litros de água pode custar até US $ 3, a mesma quantidade de água engarrafada atinge custos de 7.945 dólares.

4 Comentários:

Suziley disse...

Interessante, Cleisson, bom dia! :)

lucidreira disse...

Eu sabia que os custos são altos, porém ficava a imaginar se nos países Arabes usam a dessalinização para quase tudo que usa água potável por que não usar em lugares que tem água saloba para melhorar a vida dos habitantes, como no nordeste brasileiro.

Cleisson disse...

A desculpa política sempre é o alto custo para transformar a água salobra, que corre por baixo das terras secas do Nordeste, em água potável para matar a sede do povo.
O nosso pensamento,claro, é completamente diferente. O bem estar da população não tem preço.

Anônimo disse...

Não dá pra afirmar que esse custo é alto sem termos estudos serios que informem qual é o passivo ambiental que estamos gerando com o modelo atual, ou seja, tirando água dos rios. Estamos destruindo nossa natureza, possivelmente comprometendo o futuro das próximas gerações e nosso governo acha caro a destabilização.

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo