20 fevereiro 2010

Conservacão dos primatas brasileiros


Estado de preservação das espécies de primatas endémicas do Brasil
O Cuxiú preto Chiropotes satanas é um macaco brasileiro. Seu corpo é tem cerca de 50 cm e pesa cerca de 4 kg. Habitam zonas de floresta tropical densa, na Amazônia oriental, sendo restritos a uma pequena área entre o rio Tocantins no Pará e o rio Grajaú no Maranhão. São animais diurnos, que passam toda a vida nas árvores, alimentando-se de folhas e frutos. Esta classificado na lista vermelha de animais ameaçados com criticamente em perigo.

O bugio também conhecido por guariba, barbado ou macaco uivador está entre os maiores primatas neotropicais, com comprimento de 30 a 75 centímetros. Pode atingir até 9 kg de peso. O desmatamento ameaça a sobrevivência dos bugios de diferentes maneiras. A mais evidente é a retirada da vegetação, o que restringe seus ambientes a pequenos fragmentos isolados. As duas subespécies constam na lista do Ibama como criticamente em perigo e vulnerável, respectivamente.

O macaco barrigudo Lagothrix lagotricha é um primata encontrado originariamente na Amazônia brasileira. É um dos maiores consumidores de frutos, folhas e flores, sendo um dispersor de sementes, preferindo viver em florestas inundadas, ao Norte do Rio Negro e Rio Solimões pela quantidade de alimento. Vive em grupos que ocupam grandes áreas. Pesam entre 8 e 12 kg. Seu estado de conservação é vulnerável isso principalmente pela caça, tráfico de animais silvestres e baixas taxas de crescimento populacional, pois a taxa reprodutiva é de nascimentos apenas a cada três anos.

macaco prego é atualmente a designação genérica da antiga espécie de macacos Cebus apella. Suas várias subespécies são hoje consideradas espécies distintas. Os macacos-prego são considerados os primatas mais inteligentes das Américas. É o único primata neotropical que frequentemente utiliza ferramentas em ambiente natural. O prego tem comprimento corporal de 32 a 57 centímetros, o comprimento da cauda de 38 a 56 centímetros, com os machos geralmente maiores e mais pesados que as fêmeas. Os adultos pesam entre 1,1 kg e 3,3 kg, enquanto os filhotes têm peso de cerca de 260 grs. Esta espécie vive no norte da Floresta Amazônica do Guianas e Brasil a oeste do Rio Negro. Não corre risco aparente de extinção seu estaus é considerado pouco preocupante.

Muriqui ou mono carvoeiro Brachyteles arachnoides é o maior entre os primatas do continente americano, encontrado originariamente na Mata Atlântica brasileira, consta da Lista Vermelha da UICN na categoria Em perigo crítico . É um dos primatas mais ameaçados do mundo. O adulto chega a medir 1,5 metro de altura com uma cauda de um metro e pesa 15 kg.
Endêmico da Mata Atlântica do sudeste do Brasil, sofre os efeitos do antropismo por várias vertentes: destruição da floresta que é seu habitat original, caça ilegal nas áreas estatais preservadas, comércio ilegal em áreas privadas.

Soim de coleira Saguinus bicolor é um sagüi encontrado na Amazônia brasileira, mais especificamente na cidade de Manaus e seus arredores, no Amazonas. Medem cerca de 20,8 a 28,3 cm., incluindo a cauda que tem de 33,5 a 42,0 cm. Os machos pesam 428 gramas, sua expectativa de vida é de aproximadamente 10 anos na selva. Encontra-se ameaçado de extinção devido a deflorestação, uma vez que sua área de ocorrência é restrita e vem sendo ocupada pelo crescimento da cidade de Manaus está criticamente em perigo, a perda e degradação do seu habitat pode estar diretamente relacionados à caça e à exploração floresta.

O Uacari Branco Cacajau calvus é encontrado originariamente na Amazônia brasileira. Há quatro subespécies do Uacari, cada um dos quais é considerado vulneráveis à extinção. É um primata de pequeno porte com tamanho entre 36 a 57 cm e a cauda é de 14 a 16 centímetros de comprimento. O macho pesa entre 3 e 4 kg e as fêmeas 2,5-3 kg. O estado de conservação desta espécie foi alterada de vulnerável para quase ameaçado em 2008 pela World Conservation Union (IUCN) na sua Lista Vermelha porque a espécie tem vindo a diminuir, pelo menos, 30% nos últimos 30 anos, devido à caça e perda de habitat. Embora o estado de conservação tem melhorado, o número real da população está em uma tendência decrescente.

O Uacari Preto Cacajau melanocephalus, seu corpo com a cabeça têm até 60cm e cauda de até 15cm. Habita as partes mais altas das árvores, raramente descendo ao chão. Vive em florestas tropicais. Classificado na lista Vermelha da IUCN como pouco preocupante quanto a ameaça de extinção.

Macaco Aranha Preto Ateles paniscus, Seus representantes são popularmente conhecidos como macacos aranha ou coatás. O macaco-aranha é o mais rápido e o mais acrobático dos mamíferos da floresta. Com rapidez quase imperceptível aos olhos, o macaco escapa de seus predadores. O comprimento do corpo é de 40 a 50 cm as fêmeas e 45 cm os machos. O comprimento da cauda é 80-88 cm nas fêmeas e 82 cm nos machos. Pesa aproximadamente 7,0 kgs. É protegido apenas no Amazonas e está listado pela Lista Vermelha da IUCN como Vulnerável.

3 Comentários:

Fabiano Roberto disse...

sobre sua duvida no Dicas para Blogs
é possível fazer isso com o botão do google buzz, veja neste link como mostrar conteúdo diferente nas paginas do blog

Joli disse...

Olá! Sou estudante de biologia e tenho um grande interesse em primatas no geral. Gostei muito do vosso blog :) Vou seguir eheh

Continuem!

Joli
(http://primates-online.blogspot.com/)

Cleisson disse...

O seu blog também e muito interessante.
Eu também tenho grande interesse por conhecer melhor os primatas.

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo