02 fevereiro 2010

Ciclo do Nitrgênio no aquário.

A ecologia ideal do aquário reproduz o equilíbrio que se encontra na natureza em um sistema fechado. Na prática, é quase impossível manter um equilíbrio total. Como exemplo, uma relação equilibrada de presa-predador é quase impossível, inclusive nos grandes aquários. É mais fácil manter o equilíbrio em grandes aquários, daí a preferência dos aficionados por grandes depósitos.

Um assunto essencial no estudo da vida no interior de um aquário é a gestão dos resíduos biológicos produzidos pelos seus habitantes. Peixes, invertebrados, fungos e algumas bactérias excretam resíduos nitrogenados em forma de amoníaco, que se pode transformar em amônio, dependendo da composição química da água, e deve passar pelo ciclo do nitrogênio. Também se produz amoníaco através da decomposição das plantas e da matéria animal, incluindo fezes e outros detritos. Os dejetos nitrogenados, em altas concentrações, tornam-se tóxicos para os peixes.

Um aquário bem equilibrado contém organismos que metabolizam os dejetos dos outros residentes desse ambiente. Os resíduos nitrogenados, que são produzidos em um aquário, são metabolizados por bactérias nitrificantes que capturam o amoníaco da água e o metabolizam para produzir nitritos. Os nitritos também são altamente tóxicos para os peixes em taxas elevadas. Outro tipo de bactéria converte os nitritos em nitratos, menos tóxicos.

Além das bactérias, as plantas aquáticas também eliminam os resíduos nitrogenados metabolizando o amoníaco e os nitratos. Quando as plantas metabolizam compostos do nitrogênio, eliminam este elemento da água, convertendo-o em biomassa. No entanto, isto é somente temporário, já que as plantas voltam a expulsar o nitrogênio na água quando as folhas velhas se decompõem, por exemplo.

O acúmulo de nitratos nos aquários caseiros exige que o cuidador realize trocas periódicas da água, retirando a água rica em nitratos e preenchendo com água pobre em nitratos. Se o aquário não passar pela ciclagem inicial antes de se colocarem os peixes é necessário trocas parciais frequente da água de duas a três vezes por semana.

Os peixes podem ajudar na ciclagem mas sofrem muito nesse periodo, deve-se escolher bem as espécies a serem colocadas, a principio as mais "resistentes".

Os aquários não contêm as populações de bactérias necessárias para "limpar" os resíduos nitrogenados prduzidos por seus habitantes. Este problema é mais ou menos solucionado por duas formas de filtração: os filtros de carbono ativo que absorvem os compostos de nitrogênio e outras toxinas da água e os filtros biológicos que proporcionam um meio especial para a colonização das bactérias nitrificantes desejadas.

”SaibaSaiba Mais Sobre Aquários

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo