06 fevereiro 2010

Os melhores peixes para seu aquário.

Lista de peixes de água doce para seu aquario.
Essa lista é principalmente pra você iniciante no aquarismo, que tem um aquario pequeno caseiro e quer espécies resistentes ao periodo de aprendizado e que se dão bem em ambientes menores.
Guppy também chamado de lebiste Poecilia reticulata é um belo peixe ornamental de comportamento pacífico, originário da América Central e América do Sul, com vida de aproximadamente 2 anos. O comprimento do macho adulto é de aproximadamente 5 centímetros e o da fêmea 7 cm. A variedade de padrões e cores é enorme entre as várias populações, inclusive, em linhagens albinas. Os guppys criam de uma forma fácil, basta fazer com que o macho se interesse pela fêmea para a fecundar e logo de seguida colocar a mesma numa maternidade de forma que quando os alevinos nascerem tenham logo local para poderem nadar seguros. Os Guppys podem ser alimentados várias vezes ao dia desde que seja em pequenas porções, o cardápio pode ser variado e incluindo alimentos vivos como por exemplo artêmias salinas ou enquitréias.
Paulistinha Danio rerio Possui cerca de cinco centímetros de comprimento, coloração geral prateada, com cinco faixas longitudinais azul-escuras, lembrando a bandeira do estado de São Paulo. É uma espécie ovípara ornamental, muito apreciada por aquariófilos. Também é conhecido pelos nomes de bandeirinha, paulistinha e bandeira-paulista. Pode viver de três a cinco anos e foi o primeiro animal geneticamente modificado a ser vendido em grande escala.
Molinésias Junto com seus primos Platy, os mollies são parte de um grupo piloto de aquicultura vivíparos, que podem viver em água fresca para peixes totalmente marinhos e uma grande variedade de outras condições. São peixes comuns encontrados em qualquer loja de aquarismo.

Platy Xiphophorus maculatus é uma espécie de peixe ornamental de água doce e é muito apreciado por aquaristas inciantes. Chega a medir no máximo 6 cm.


Espadas Xiphophorus hellerii trata-se de uma espécie pacífica podendo ser criada em aquários comunitários, não sendo agressivo com oustras espécies. Normalmente são alaranjados, alguns esverdeados, quando em boas condições. Porém não é difícil encontrar espécies vermelhas, amarelas e negras. Sua alimentação baseia-se em vegetais. Em pequenos aquários, aconselha-se deixar no mínimo um casal, porém o ideal seria um trio sendo duas fêmeas. Não é difícil identificar os machos das fêmeas, pois os machos são os únicos a ter a cauda alongada. E, as retfêmeas constumam ser maiores.

3 Comentários:

Jucifer disse...

vale lembra q o tamanho do aqua é fundamental é indispensavel respeita o limete de peixes q seu aqua suporte existe uma regra simples de um cm de peixe para cada litro de agua, a lista ai de recomendação esta perfeita com excesão do gupps q exigem um pouco mais de cuidado i claro estes naum são peixes compativeis outro coisa q deve ser lembrada na hora de comprar seu peixe, peça sempre ajuda ao vendedor. tri metida né desculpa!!!

Cleisson disse...

Oi Ju
As postagens estão aqui mesmo para serem discutidas, obrigado por ajudar a complementar o assunto debatido e participe sempre.
É claro que podemos recomendar uma lista enorme de peixes para termos em nosso aquario porém o ideal é escolhermos uma espécie e desenvolvermos uma criação dessa.
Um aquario de guppys fica maravilhoso.

Marcos disse...

Olá amigos, belo blog, parabens.

Visite também o
http://aquarismoreal.blogspot.com

Abraços aquaristicos!!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo