20 janeiro 2010

Conservação da Biodiversidade.

A Biologia da conservação é o estudo científico da natureza e das condições da biodiversidade na Terra com o objetivo de proteger espécies, seu habitat e ecossistemas das ameaças excessivas de extinção.

O termo biologia da conservação foi introduzido como o título de uma conferência realizada na Universidade da Califórnia em La Jolla, Califórnia, em 1978, organizadaan pelos biólogos Bruce Wilcox e Michael Soulé. A reunião foi motivada pela preocupação dos cientistas com o desmatamento tropical, o desaparecimento de espécies, a erosão da diversidade genética dentro da espécie.

A Biologia da conservação está estreitamente ligada a ecologia, em pesquisar a dispersão, migração, demografia, tamanho efetivo da população, de pressão endogâmica e viabilidade da população mínima de espécies raras ou ameaçadas. Está preocupada com os fenômenos que afetam a manutenção, perda e restauração da biodiversidade e da ciência que sustenta os processos evolutivos: genética, população e a diversidade do ecossistema.

A preocupação decorre das estimativas que sugerem que até 50% de todas as espécies do planeta vão desaparecer nos próximos 50 anos o que contribue para a pobreza, a fome, e irá refazer o curso da evolução neste planeta.

Os biólogos e procuram educar sobre as tendências e processo de perda de biodiversidade, espécies extintas e o quanto isso afeta a nossa capacidade de sustentar o bem-estar da sociedade humana. Os biólogos da conservação trabalham no campo e escritório, no governo, universidades, organizações não lucrativas e na indústria.

Hoje é aceito a teoria de que houve cinco grandes extinções em massa global registradas na história da Terra. Nos últimos 10.000 anos a influência humana sobre os ecossistemas da Terra tem sido tão intenso que os cientistas têm dificuldade em estimar o número de espécies perdidas, isto é, as taxas de desmatamento, destruição de recifes, drenagem de zonas húmidas e outros atos humanos estão a avançar muito mais rapidamente do que a avaliação da espécie humana. Os mais recentes estudos estimam que tenham excedido a bio-capacidade de regeneração do planeta, exigindo 1,5 Terras para suportar as demandas sobre os recursos naturais.

Os biólogos da conservação estão tratando de publicar provas de todos os cantos do planeta, indicando que a humanidade está a viver o sexto e maior evento de extinção. Estamos vivendo uma era de um número sem precedentes de extinção de espécies.A taxa de extinção global é cerca de 100.000 vezes maior que a taxa de extinção de fundo natura.

Estima-se que dois terços de todos os mamífero e metade de todas as espécies de mamíferos que pesam no mínimo 44 kg foram extintas nos últimos 50.000 anos. Este período de sexta extinção é único porque é a primeira grande extinção a ser causado por outro agente biótico ao longo da história da Terra.

A população de anfíbios está em declínio em uma escala global mais rápida do que qualquer outro grupo vertebrado, com mais de 32% de todas as espécies sobreviventes sendo ameaçada de extinção. As populações sobreviventes estão em declínio constante e 43% dos animais estão ameaçados.

Desde meados da década de 1980 as taxas reais de extinção tem ultrapassado as taxas de 211 vezes medida a partir do registro fóssil. No entanto, "A atual taxa de extinção de anfíbios pode variar entre 25.039 a 45.474 vezes a taxa de extinção de fundo para os anfíbios".

A tendência global de extinção ocorre em todos os grandes grupos vertebrados que estão sendo monitorados. Por exemplo, 23% de todos os mamíferos e 12% de todas as aves estão na lista vermelha criada pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), o que significa que elas também estão ameaçadas de extinção.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo