28 agosto 2009

Evolução da Pandemia da Gripe A H1N1 no Brasil

Em agosto o Ministro da Saúde declarou que 77% dos casos de gripe no país são decorrentes da H1N1 e 20% das mortes mundiais são brasileiras.

Até 22 de agosto, segundo o ministério, foram notificados 30.854 casos de síndrome respiratória aguda grave, dos quais 5.206 eram de gripe suína.

Em 26 de agosto o Ministério da Saúde confirmou que os casos fatais chegaram a 557, o que levou o país a liderar o número de mortes pela pandemia em todo o mundo.

Em relação aos números absolutos de mortos, Brasil é seguido por Estados Unidos 522 óbitos, Argentina 439 e México 179.

Se for levado em consideração a taxa de mortalidade, relação entre óbitos e número de habitantes na população, o Brasil aparece em sétimo lugar, atrás de Argentina, Chile, Costa Rica, Uruguai, Austrália e Paraguai.

Segundo o Ministério da Saúde, 1.980 mulheres em idade fértil (entre 15 e 49 anos) contraíram a gripe suína, das quais 480 eram gestantes. No total, 58 grávidas morreram pela doença. Levando esse grupo a ser considerado um entre os de maior risco para Gripe A.

A primeira morte pela gripe suína no país foi confirmada em 28 de junho, quando um caminhoneiro Erechim RS que havia viajado para Buenos Aires, veio a falecer.

Segundo novo balanço enviado pela OMS, mais de 209 mil pessoas em todo o mundo já foram contaminadas pela gripe suína. Mais da metade desses casos confirmados da nova doença estão concentrados nas Américas. O continente menos atingido pela pandemia é a África, com menos de 2% do total de casos.

Em relação às mortes, houve ao menos 2.185, o que representa 1% do total de contágios. Segundo a OMS, no hemisfério sul, a maior parte dos países "parece ter passado o pico de atividade de influenza" e retornado "para níveis básicos". A organização cita como exemplos Chile, Argentina, Nova Zelândia e Austrália, porém, segundo o Ministério de Saúde, também é esta a situação do Brasil.

A contaminação se dá da mesma forma que a gripe comum, por via aérea, contato direto com o infectado, ou indireto (através das mãos) com objetos contaminados. A prevenção, com cuidados especiais com a higiene pessoal é a melhor maneira de se evitar a Gripe.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo