14 setembro 2010

Causas e consequencias da baixa umidade relativa do ar

Os seres humanos são sensíveis à umidade do ar porque o corpo humano utiliza o resfriamento evaporativo como o principal mecanismo para regular a temperatura corporal. Quanto mais elevada a umidade relativa do ar maior será a sensação de calor pois a transpiração, responsável pela troca de calor com o ambiente, diminui. 

Segundo os especialistas a umidade relativa do ar ideal deve se manter entre 60 e 30%. Quando ela atinge valores abaixo de  30% pode trazer problemas a saúde.


A baixa umidade do ar pode levar a problemas como: complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento das mucosas, sangramento pelo nariz,  ressecamento da pele,  irritação dos olhos. Além de  eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos e aumento potencial de incêndios em pastagens e florestas.

Estado de Atenção - umidade entre 20 e 30%
Estado de Alerta - entre 12% e 20%
Estado de Emergencia - abaixo de 12%

1 Comentário:

Suziley disse...

Lá em Campo Grande, MS, onde está meu pai e irmã, há muito não chove. Em consequência, falta umidade no ar. Boa postagem, Cleisson. Boas informações. Um grande abraço, bom dia :)

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo