16 maio 2010

Derramamento de óleo destroi milhares de ovos de tartarugas

Milhares de ovos de tartarugas estão em perigo. Os ovos não chocaram este ano por causa do derramamento de petróleo disseram os conservacionistas.

"Descobrimos que a eclosão dos ovos na região, ficou entre 40 e 50 por cento este ano, depois que o óleo que vazou no porto atingiu o local de nidificação na praia", disse Rabindranath Sahu, secretário do Colité de proteção a tartaruga marinha.

Cerca de 8 toneladas de óleo vazaram, um revestimento de óleo se espalhou por uma área de sete quilômetros perto do local de nidificação ao longo da praia de Rushikulya.

Sendo empurrado pela maré alta, o óleo derramado espalhou-se pelo litoral. Os moradores alegaram que tinham visto carcaças de tartarugas adultas ao longo da costa, após a água do mar ter sido contaminada. 

"As autoridades limparam aproximadamente 3 km do trecho da praia. O resto, mais ou menos 5 km do assentamento, ficou contaminado por dias com uma camada de óleo", disse ao Sahu. "Muitos ovos foram danificados devido ao efeito tóxico das jazidas de petróleo. Além disso, muitas tartarugas bebés não conseguiram sair do ninho", Sahu, junto com os moradores de Purunabandha tem trabalhado no programa de conservação da tartaruga nos últimos 16 anos.

"O derramamento de petróleo terá um efeito sobre a taxa de mortalidade dos filhotes. Mas, cientificamente, não é possível chegar a um nível de mortalidade preciso", disse Shanker, professor do Instituto Indiano de Ciência.

Segundo os cientistas marinhos, o plânctons e pequenos animais marinhos, que são o alimento dos filhotes, também foram afetados pelo derramamento. A ambientalista ativista do Greenpeace Ashish Fernandes disse que a localização dos portos próximos às áreas ecologicamente sensíveis, é um risco. "Enquanto nós tivermos portos próximos às áreas ecologicamente críticas, eles vão afetar negativamente a biodiversidade marinha", disse ela.

A taxa de mortalidade dos filhotes geralmente é elevada, com apenas um em cada mil sobrevivendo e chegando a se tornar uma tartaruga adulta. "Dos cerca de 100 a 120 ovos posto por uma única tartaruga fêmea, apenas cerca de 80 deles eclodem. O recém-nascido, em seguida, enfrenta ameaças de predadores como os corvos, chacais, etc Eles também serão devorados por predadores do mar", disse o ativista Biswajit Mohanty.

Milhares de tartarugas jovens se aventuram  no mar a cada ano, no trecho entre Gokharakuda e Kantiagada, que é um dos três locais de nidificação em massa ao longo da costa de Orissa, sob a vigilância de oficiais locais.

2 Comentários:

Suziley disse...

Que tristeza, quando será que a humanidade terá respeito pela natureza?! Uma boa semana para você Cleisson, abraços :)

Animal em Risco disse...

Agradecemos sua vista e seu comentário no blog, Cleisson!
O seu blog também é muito bom, parabéns!

Abs.

Equipe Animal em Risco
(www.animalemrisco.blogspot.com)
O Blog Selagem!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo