13 agosto 2009

Prevenção, sintomas e tratamento para Gripe Suína.

A contaminação se dá da mesma forma que a gripe comum, por via aérea, contato direto com o Infectado, ou indireto, através das mãos, com objetos contaminados. Não há contaminação pelo consumo de carne ou produtos suínos. Cozinhar uma Carne de Porco a 70 graus Celsius quaisquer destrói microorganismos patogênicos. Não foram identificados porcos doentes no local da epidemia no México. Trata-se, possivelmente, de um vírus mutante, com material genético das cólicas humana, aviária e suína.

Assim como a gripe humana comum, um vírus influenza A (H1N1) apresenta sintomas como febre repentina, fadiga, dores pelo corpo, tosse, coriza, dores de garganta e dificuldades respiratórias. Esse novo surto, aparentemente, mas também causa diarréia e vômitos que a gripe convencional.

Ter hábitos de higiene regulares, como lavar as mãos, é uma das formas de prevenir a transmissão da doença. Além disto, deve-se evitar o contato das mãos com olhos, nariz e boca depois de tocar em superfícies, usar lenços descartáveis ao tossir ou espirrar, evitar aglomerações e ambientes fechados e ter hábitos saudáveis como hidratação corporal, alimentação equilibrada e atividade física.

Caso ocorra uma contaminação, 5 dias após o início dos sintomas, o paciente deve evitar sair de casa pois este é o período de transmissão da gripe A.

Algumas organizações religiosas também orientaram aos fiéis evitar abraços, apertos de mãos ou qualquer outro tipo de contato físico para impedir uma dispersão do vírus durante os cultos religiosos.

Fonte

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo