19 março 2009

Santuario do Panda Gigante na China

Os Santuários do Panda-gigante em Sichuan é a casa de 30% dos pandas do mundo, cobre mais de 924.500 ha, com sete reservas naturais e nove parques cénicos nas Montanhas Qionglai e Jiajin.

Os santuários constituem o maior habitat contínuo ainda existente do panda-gigante, uma reliquia das florestas paleo-trópicas do Período Terciário. É também o mais importante sítio para reprodução captiva do panda-gigante.

Os Santuários são casa para outros animais em perigo de extinção como o panda-vermelho, o leopardo-das-neves e o leopardo-nebuloso. São também uma das mais ricas áreas botánicas do mundo , com cerca de 5.000 a 6.000 espécies de flora em cerca de mil géneros.
É um Património Mundial da Unesco desde 2006.

O panda-gigante Ailuropoda melanoleuca é um mamífero da família dos ursídeos, endêmico da República Popular da China. O focinho curto lembra um urso de pelúcia, a pelagem preta e branca característica e o jeito pacífico e bonachão o tornam um dos animais mais queridos pela humanidade.

O panda-gigante assemelhe-se aos outros ursos na aparência e proporção, mas é distinguido pela sua marcante coloração contrastante e por algumas características associadas a sua dieta. A pelagem é grossa e lanosa para suportar as baixas temperaturas no ambiente subalpino em que vive. As manchas oculares, membros, orelhas e uma faixa que atravessa os ombros são negras; alguma vezes com um tom amarronzado.

O número de pandas selvagens na China está estimado em 1.596. Em 2000 contavam-se 1.114 exemplares, espalhados por territórios que têm uma superfície total de 23.000 km² nas províncias de Sichuan, Gansu e Shaanxi. Estudos em 2006, baseados em exame de DNA coletado em fezes, indicam que possam haver pelo menos 3.000 animais em liberdade.

Existem 183 pandas-gigantes em cativeiro na China, 100 dos quais, estão em um centro especializado em Sichuan. Outros 20 espécimes se encontram distribuídos pelos principais zoológicos do mundo.

O ano de 2005 foi considerado um grande ano para os projetos em criação da espécie em cativeiro. 25 filhotes nascidos em zoológicos e centros de reprodução sobreviveram. Em 2004, foram 9 os filhotes sobreviventes.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo