05 junho 2008

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

O Dia foi criado pelA ONU, em 1972, durante a Conferência de Estocolmo para o Ambiente Humano como forma de conscientizar o mundo sobre OS MALES contra a natureza. Todos os anos é eleito um país sede e um tema para nortear as campanhas e ser palco das atividades. Neste ano, NOVA ZELÂNDIA foi o escolhido por ser considerado um dos primeiros países preocupados com um futuro neutro em carbono, para organizar atividades que contextualizem o slogan “Kick the Habit! Towards a Low Carbon Economy” (“Chute o hábito! Por uma economia com baixo carbono”, em tradução livre “)”.

A Organização das Nações Unidas (ONU) conclamou o mundo a deixar de lado o vício de produzir dióxido de carbono, afirmando que todos precisam participar do combate às mudanças climáticas.
O vício é algo terrível. Ele nos consome e nos controla, nos faz negar importantes verdades e nos cega para as conseqüências de nossas ações", afirmou em um discurso feito para reforçar o tema do Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano, "CO2 - Deixe esse Vício".

Por mais que as atividades aconteçam na NOVA ZELÂNDIA parece que a criação da data surgiu efeito. A mídia, hoje, se mobilizou para noticiar informações e fazer especiais sobre a data e a situação do meio ambiente no mundo.

A preocupação com o meio ambiente tem se mostrado recorrente em fóruns, agendas de governo e, até mesmo, na mídia. Segundo definição do IBGE, a data é relevante para chamar a atenção política paras os problemas ambientais, incluindo os animais ameaçados. Assim, "chefes de estado, secretários e ministros do meio ambiente fazem declarações e se comprometem a tomar conta da Terra".

Próximo à comemoração, foi lançado pelo IBGE a lista da Fauna Ameaçada de Extinção: Insetos e outros Invertebrados Terrestres, que tem como base a lista de espécies ameçadas divulgada pelo Ibama em 2003. Segundo os dados, cerca de 130 espécies e subespécies podem deixar de existir. Deste número, 96 são insetos - entre eles abelhas, besouros, formigas, entre outros - e 34 de outros invertebrados, como aranhas e caracóis.
A lista mais recente divulgada pelo Ibama, de 2003, apresenta espécies terrestres e aquáticas ameaçadas. Já o IBGE lançou em 2006 um mapa de aves e, em 2007, o mapa de anfíbios e répteis em risco.Outra pesquisa relevante em âmbito global é a da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, que elabora a Lista Vermelha de espécies ameaçadas, reconhecidas por instituições no mundo todo. Entre os bichos da lista estão ursos polares, ursos panda e gorilas.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo