27 abril 2009

Jaguatiricas de Proveta

Embriões congelados da espécie ameaçada de extinção foram transferidos para o útero de 8 fêmeas.
Uma organização não-governamental em Jundiaí, a 58 quilômetros de São Paulo, comemora um ano e três meses de vida das primeiras jaguatiricas de proveta nascidas na América Latina. São dois filhotes que receberam o nome de Lua e Bah, eles fazem parte de um experimento inédito realizado na Associação Mata Ciliar, em Jundiaí.

Eles foram gerados por inseminação artificial. Embriões congelados há 5 anos foram transferidos para o útero de oito fêmeas e três filhotes nasceram. Apenas um não sobreviveu. Os pesquisadore consideram a técnica um sucesso e preparam a continuidade do trabalho.


Há cerca de 50 embriões congelados de jaguatirica e dez de gato-do-mato pequeno. Em julho, a ONG planeja fazer novas inseminações utilizando materiais genéticos das duas espécies. Com a tecnologia, é possível garantir a sobrevivência de espécies ameaçadas de extinção. Acredita se que em breve poderá ser utilizada a mesma técnica com felinos de porte maior, como a onça pintada, que está cada vez mais difícil de ser encontrada nas matas brasileiras.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo