27 março 2009

Como conhecer o verdadeiro Bacalhau

Identificação do bacalhau clássico verdadeiro, ele forma com três barbatanas arredondadas dorsal e duas anal. As nadadeiras pélvicas são pequenas com o primeiro raio alargado, e são estabelecidas no âmbito da brânquia cobertura isto é na região da garganta, na frente das peitorais. O maxilar superior estende-se ao longo do maxilar inferior. Os olhos tem aproximadamente o mesmo comprimento do queixo barbos. Possui uma linha lateral branca distinta que corre a partir da brânquia guilhotinada acima da barbatana peitoral ate a base da barbatana caudal ou cauda. A parte traseira tende a ser de um marrom esverdeada para areia, mostrando extensamente mosqueada especialmente para os lados e branco na barriga. A Coloração marrom escura do dorso e lados não é frequente principalmente para os indivíduos que tenham residido nas regiões costeiras e rochosas.

Espécie comercializados como bacalhau
Alguns peixes que não possuem "bacalhau" em seus nomes às vezes são vendidos como bacalhau. A Arinca e o badejo pertencem à mesma família do bacalhau mais não são.


A arinca ou pescada é um peixe marinho distribuídos em ambos os lados do Atlântico Norte. É um alimento popular, amplamente pescadas comercialmente. A arinca é facilmente reconhecida por uma linha preta correndo ao longo da lateral branca e uma mancha escura distintiva acima da barbatana peitoral.

Merlangius merlangus, vulgarmente conhecido como badejo é um importante alimento na região oriental do Atlântico Norte, norte do Mediterrâneo, do Báltico Ocidental e do Mar Negro. O verdinho era um peixe barato, considerada como alimento para os pobres ou para animais de estimação, mas o declínio geral das populacões de peixes faz com que agora seja mais valorizado.

1 Comentário:

Natural Naturalmente disse...

Adoro bacalhau, morando há 25 anos em Lisboa, não poderia ser de outro modo. Mas a verdade eh que o bacalhau sofreu uma grande perda no seu contingente, ainda não podemos dizer que esta em extinção mas pouco falta.
Ou começamos a pescar bacalhau com parcimónia ou os nossos netos só vão conhece-lo no Nacional Geografic
bjs

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo