15 fevereiro 2009

Bloco da Mulher Madura, pra sua folia ser so alegria.

Campanha de Carnaval, Bloco da Mulher Madura

A campanha de Carnaval 2009 dará continuidade à campanha do Dia Mundial de Luta contra a Aids 2008 e terá como público prioritário a população feminina com mais de 50 anos (a anterior era voltada a homens).

A campanha é uma resposta à maior tendência de crescimento da epidemia entre mulheres. Além disso, a mulher nessa idade tem pouco poder de decisão no relacionamento.
Relativamente à faixa etária, dados epidemiológicos apontam que a incidência de aids etária praticamente dobrou nessa população nos últimos dez anos (de 7,3 em 96 para 14,5 em 2006). A taxa de mortalidade também tem aumentado (de 5,5 em 96 para 6,1 em 2006).

Os objetivos da campanha são:
Incentivar a mulher a conversar sobre sexualidade e falar sobre o preservativo.
Alertá-la para as vantagens do uso do gel lubrificante.
Fortalecer a mulher para que ela possa ter condições de exercer mais plenamente sua sexualidade.
Estimular a mulher a buscar o prazer na relação, mesmo depois da menopausa.


Como usar a camisinha corretamente:

Sempre coloque a camisinha antes do início da relação sexual;
Coloque a camisinha quando o pênis estiver duro;
Encaixe a camisinha na ponta do pênis, sem deixar o ar entrar;
Vá desenrolando até que ele fique todo coberto;
Não deixe a camisinha ficar apertada na ponta do pênis - deixe um espaço vazio na ponta da camisinha que servirá de depósito para o esperma;
Aperte o bico da camisinha até sair todo o ar, mas cuidado para não apertar com muita força e estragar a camisinha;
Se ela não ficar bem encaixada na ponta, ou se ficar ar dentro, a camisinha pode rasgar.


De 1980 a junho de 2007 foram notificados 474.273 casos de aids no País – 289.074 no Sudeste, 89.250 no Sul, 53.089 no Nordeste, 26.757 no Centro Oeste e 16.103 no Norte. No Brasil e nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste, a incidência de aids tende à estabilização. No Norte e Nordeste, a tendência é de crescimento. Segundo critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil tem uma epidemia concentrada, com taxa de prevalência da infecção pelo HIV de 0,6% na população de 15 a 49 anos.

Os indicadores relacionados ao uso de preservativos mostram que aproximadamente 38% da população sexualmente ativa usou preservativo na última relação sexual, independentemente da parceria. Este número chega a 57% quando se consideram apenas os jovens de 15 a 24 anos. O uso de preservativos na última relação sexual com parceiro eventual foi de 67%. A proporção comparável em 1998 foi de 63,7%.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo