25 outubro 2008

Camada de ozônio

Acamada de ozônio envolve a terra há aproximadamente 400milhoes de anos .Sua formação deve-se ao processo de fotossíntese realizado pelas microscópicas algas azuis que produziram oxigênio para formar uma camada de 15 a 50 km na estratosfera composta por um gás especial (ozônio), capaz de impedir a passagem dos raios ultravioletas que em excesso podem ser prejudiciais à vida.
Mas desde 1970, quando foi detectado na Antártida um buraco na camada de ozônio, o cientista para o perigo de determinadas substancia químicas capazes de destruir essa camada. Entre elas destaca –se o CFC (clorofluorcarbono) ou gás freon, utilizado em geladeiras, aerossóis, e aparelhos de ar-condicionado. O gás freon desencadeia varias reações cujo resultado e a diminuição dos teores de ozônio na atmosfera.
A redução da camada de ozônio permite a passagem de raios ultravioletas. Isso pode causar problemas no sistema imunológico humano, deficiências genéricas e câncer de pele. A agricultura também é afetada com a diminuição na produção de feijão, soja, ervilha e outros mais.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo