31 janeiro 2008

Ameaça existe mas nós podemos mudar a situação


Principais animais em extinção
Urso Panda
Ailuropoda Melanoleuca


Os pandas vivem nas florestas da regiões montanhosas do sudeste da China(esta região é seu habitat natural)
Vivem em cavernas e no oco de árvores.Apesar de serem carnívoros, alimentam-se principalmente de folhas e brotos de bambu. Comem também alguns insetos e ovos como fontes de proteínas Possuem um comportamento dócil, tranquilo e tímido. São raros os casos em que um urso panda atacou um ser humano.
São também chamados de: urso felino, urso de faixa e gato ursino.
Ao contrário de outras espécies de ursos, os pandas não hibernam durante o inverso.Durante a fase da primavera ocorre o acasalamento, sendo que os filhotes, geralmente dois, nascem na época do inverno
As patas do urso panda possuem cinco dedos.
Os filhotes de urso panda nascem com, aproximadamente, 2 kilos de peso, possuem dentes e mandíbulas muito fortes para poderem triturar os brotos de bambu.
Em média um urso panda vive durante 12 anos.
Esta espécie encontra-se em situação de extinção provocada, principalmente, pela baixa taxa de natalidade, caça indiscriminada (no passado) e pela destruição das florestas onde vivem. A reprodução em cativeiro ocorre em diversos zoológicos e centros de pesquisa animal espalhados pelo mundo.


Elefante Africano
Loxodonta Africana


Os elefantes vivem em manadas, sendo que cada uma é dividida em famílias, na África, o habitat dos elefantes são os territórios do Quênia, Tânzania e Uganda. Vivem em regiões de florestas e nas savanas.
Os elefantes indianos são menores do que os africanos.
É o maior animal terrestre do mundo.
Possuem presas de marfim na boca.
São animais herbívoros, ou seja, alimentam-se de folhas de árvores, ervas, raízes, frutos e de gramas, um animal adulto ingere, em média, 100 kilos de alimento por dia.
Um filhote de elefante pode nascer com até 80 kilos.
Por volta de 60 anos de idade, o elefante perde seus dentes molares (presas) impossibilitando sua alimentação e levando-o a morte.
A caça indiscriminada do elefante africano tem levado a diminuição desta espécie, que atualmente está correndo risco de extinção.




Baleia Azul



Baleanoptera musculus









A baleia azul é o maior animal da Terra, possui o corpo alongado, hidrodinâmica com sua nadadeira dorsal pequena e triangular. Suas barbatanas estão localizadas na boca, cuja função é filtrar alimentos. Sua cauda é considerada pequena em relação ao tamanho do corpo podendo pesar até 160 t. Normalmente a baleia azul é pouco vista por não nadar em águas rasas, preferindo águas oceânicas. O mergulho da baleia azul pode durar até 30min e pode aprofundar até 200m. Sua velocidade é de 15 km por hora podendo chegar a 30 km por hora quando foge da orca, sua predadora. As fêmeas são maiores que os machos e os filhotes nascem com cerca de 7m pesando 2,5 toneladas. A gestação de uma baleia azul é de onze meses, ao nascer o filhote é amamentado por sete meses.


Gorila
Gorilla beringei


Os gorilas alimentam-se principalmente de vegetais e frutos que encontram nas florestas.
A fêmea do gorila gera apenas um filhote em cada gestação
Seu habitat são as florestas tropicais da região central da África
São mamíferos da ordem dos primatas
Em função da caça predatória e da destruição das florestas tropicais africanas, este animal encontra-se em risco de extinção
São extremamente fortes, podendo levantar mais de uma tonelada com os braços
Possui um comportamento tímido e calmo, evitando o contato com seres humanos. Porém, quando ameaçados, podem atacar qualquer animal, inclusive o ser humano
Existem duas espécies catalogadas pelos biólogos (gorilas das planícies e gorilas das montanhas)
Vivem em grupos (bandos) compostos por machos (apenas um, o mais forte, é o líder), fêmeas e seus filhotes
O acasalamento desta espécie não possui uma época do ano determinada
.

Rinoceronte
Diceros bicornis

São animais grandes, pesados, de corpo robusto e patas curtas.
Cada pé tem três dedos funcionais, cobertos por uma unha parecida com um casco. A pele é grossa, de cor cinza ou castanha, segundo a espécie. Pode viver até os 50 anos, se morrer naturalmente. Pode alcançar a velocidade de 45 km/h.São consideradas espécies ameaçadas, embora tenha pouca utilidade para o homem, ele é perseguido desde o tempo das cavernas. Acreditavam que seu chifre pudesse dar a juventude eterna, mas nenhuma parte de seu corpo é medicinal, por causa dessa crença, muitos rinocerontes foram exterminados. Única coisa utilizável para o homem, é sua pele, que é usada na confecção de escudos e calçados.É um animal de pobre reprodução: apenas um filhote, depois de uma longa gestação de dezessete meses, o filhote pesa 25 kg e alimenta-se de leite materno até os dois anos de idade. Ao completar cinco ou sete anos, já é adulto e passa a viver sua própria vida.Há cinco espécies que compõem o grupo dos rinocerontes (onde quatro são cada vez mais raras). As cinco espécies são herbívoras e se alimentam de uma grande variedade de plantas. A visão do rinoceronte é pobre, mas o animal compensa essa deficiência com um olfato e audição muito desenvolvidos. Os rinocerontes Indiano e Java, possuem apenas um chifre, enquanto os outros três possuem dois chifres.Rinoceronte Indiano Rinoceronte Java Rinoceronte Branco Rinoceronte Sumatra Rinoceronte Negro



Tartaruga Marinha
Caretta caretta



As tartarugas têm mais de 150 milhões de anos, resistiram a inúmeras ameaças inclusive adaptando-se de seu habitat original que era a terra, para o marítimo, o que gerou várias mutações no processo de adaptação, mantendo apenas a desova em terra - em praias desertas e durante a noite. Este é seu ponto mais vulnerável. O crescimento populacional e conseqüente invasão das praias tanto com pessoas como com luz elétrica, tem diminuído drasticamente os locais de reprodução das tartarugas marinhas gerando risco de extinção.



As tartarugas marinhas abrigam todos os oceanos com exceção do oceano Antártico em zonas de água tropical e subtropical. A maioria das tartarugas marinhas é migratória que magueiam pelo oceano. Podem ser vegetarianas, carnívoras e onívoras, pois as tartarugas comem de tudo. A tartaruga de couro, por exemplo, é a maior espécie chegando a dois metros de comprimento com peso de 600 kg. Após atingir a maturidade sexual as tartarugas vão até a praia depositar seus ovos na areia, isso acontece sempre na mesma praia. Quando ocorre a eclosão correm para o mar, mas somente uma entre cem consegue chegar à maturidade. Normalmente as fêmeas são mais rápidas que os machos. As tartarugas marinhas estão seriamente em perigo pelo fato de haver grande demanda por sua carne para fazer sopa, pela carapaça e pela sua gordura.


TIGRES
Panthera tigris


O Tigre-Siberiano é um caçador solitário e noturno, que pode percorrer distâncias de 10 a 20 km numa só noite. O tigre vive em média 20 anos, sendo que o macho vive menos que a fêmea, por estarem sempre em confronto com outros machos por causa das presas. Pesa 300 kg, 1 metro de altura e 3 metros de comprimento (sendo 80 cm de cauda). Na ordem dos carnívoros, o único animal que o ultrapassa em tamanho é o urso.
Originário da Sibéria oriental, há 20 ou 30 mil anos anos, partiu para a conquista do vasto território que hoje ocupa no continente asiático. Corre em uma velocidade de até 80 km/h e pode saltar a uma altura de 5 a 6 metros; contudo, não é capaz de escalar árvores.
Seu sentido mais aguçado é a audição. A vista é tão fraca que não distingue, além de cem passos; o olfato praticamente inexiste. Caça à noite ou ao amanhecer, o resto do tempo é para dormir. Geralmente os tigres não atacam o homem, os que o fazem, são animais velhos ou doentes.Com seu porte altivo, solto pela floresta, farejando uma presa com suas artimanhas de caçador ou defendendo seu território, o tigre parece uma fera invencível. Mas nos últimos duzentos anos ele foi caçado até ser praticamente eliminado das selvas. Hoje está entre os animais com maior risco de extinção
Embora possam viver em climas e ambientes variados, os tigres não conseguem conviver com o ser humano. Tantos foram os tigres abatidos pelo homem, que duas subespécies já foram extintas: o Tigre-do-Cáspio e o Tigre-de-Bali. Ao todo restam cerca de cinco mil especies.
Urso Polar
Talarctos maritimus
Os ursos polares vivem nas regiões do círculo polar ártico, costas setentrionais da América e da Eurásia (países como Canadá, território da Groelândia, Rússia e no estado norte-americano do Alasca) Organizam-se em pequenos grupos de aproximadamente 4 animais.
É um animal carnívoro e alimenta-se principalmente de: bacalhau, salmão, aves, golfinhos, filhotes de leões mainhos e outros mamíferos de pequeno porte O urso polar está muito bem adaptado para viver em regiões geladas, pois possui uma rica cobertura de gordura em sua pele, além de espessa pelagem.
O acasalamento desta espécie ocorre na época da primavera, sendo que os filhotes nascem no inverno
São ótimos nadadores em função do formato de suas patas
A femêa costuma gerar em média 3 filhotes por gestação
A espécie é considerada com risco baixo de extinção
Os ursos polares não hibernam, apenas entram num estado de semi-sonolência

3 Comentários:

Ana Paula disse...

adorei este site... entrei para fazer um trabalho de escola e fiquei apaixonada por essas coisinhas fofas.
é uma pena que o ser humano não se conscientize de que está acabando com o planeta...

amanda disse...

achoumavergonha pro povo

Anônimo disse...

num tem nada falando sobre o canáda afs

Postar um comentário

Seja bem vindo ao Blog do Planeta.
Obrigado pela atenção dedicada.
Espero que tenham gostado do nosso conteúdo.
Fique a vontade para comentar.
Caso tenha problemas no comentário use o formulario logo abaixo.
Obrigado!
Cleisson

Referências e Tráfego
PageRank
Redes Sociais
Apoio

  © Planeta do Bem - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo